Deus me livre de um país Evangélico

5 09 2022

POR FAVOR!

Não! Não precisamos disso! Muito menos como uma imposição/obrigatoriedade! AFFFF! Não há orgulho nisso, não foi assim que o mestre ensinou. Ele era o Messias e “ok” para tantos que não acreditaram… o domínio era Romano e “ok” se Ele tinha que seguir as injustas exigências e modo de tratar o outro como faziam na época.

Não misturem ou responsabilizem Deus se as coisas não derem certo, ele não está dentro de uma RELIGIÃO, ele é DEUS!

Não queremos um país evangélico que usa a Bíblia e Deus para benefício próprio, precisamos um país Santo, preparado, LÚCIDO e isso não vai acontecer do ponto de vista bíblico.

Não misturem Jesus com política, não coloquem o nome dEle nessa bagunça corrupta e fétida para ganhar ou convencer alguém que o país será o céu, não será! Nada que é imposto é saudável natural e o JESUS que eu conheço não precisa de ninguém o colocando “goela abaixo”.

Não sou de esquerda, mas essa mistura antiga e corrupta de igreja e política nunca jogou limpo, sou contra o coagir, o atacar, o obrigar e o inibir democracias, liberdade de escolha, ele não fez assim, pelo contrário, veio para os judeus, eles o rejeitaram, então ok, havia ali um povo que o queria e Ele os acolheu, os abraçou! .

Um país evangélico? Parem de levantar essas bandeiras, trabalhem sem citar religiões, não estão dando conta do básico!

Que medonho! Que jeito seremos vistos?

O que farão em nome de Deus? Eu não quero imaginar… não sou parte disso!

Que a política tome seu devido lugar…

Que as religiões tomem seu devido lugar.

Laico, ok… laicista não!

Pra os que se interessam por algo diferente e puro, limpo chamado Jesus, a história conta tudo ao contrário… o Rei, o Messias, não se interessou em viver no meio da política e expôs muitos erros da religião.

Quer seguir Jesus? Não siga a política e nem uma religião. Pegue a sua CRUZ e Ele lhe mostrará o caminho de forma pura, simples, sem interesse e com muito amor.

(Que venham os ataques, mas não podia me calar diante do que estou vendo)

Por fim eu peço, não coloquem Jesus nessa sujeira toda, o que ele viveu e viu por conta de política nessa terra foi mais que o suficiente.

Querido Rubinho Pirola, obrigada por essa imagem que me inspirou nessa reflexão, obrigada por sua lucidez em forma de cartoons que admiro e me fazem pensar há décadas 🤍

Vlw





Éramos, agora, Erramos!

20 01 2021

Gostaria de falar por mim:
*RAÇA, o que é isso? Conheço algumas de cachorro inclusive acima de tudo, sei que são igualmente cheios de amor para dar.

*Não tenho uma RELIGIÃO, sigo JESUS (e estou muuuuuito longe de ser como Ele, mas tenho um exemplo a seguir)
A religião segrega, julga, classifica, mata, machuca, se contradiz… affff

*É importante estar informado sobre POLÍTICA e dar opinião, mas suscitar divisões, provocações e brigar com quem você conhece por alguém que mal sabe que você existe e é facilmente corruptível…isso para mim, não vale a pena.

*DINHEIRO?
Pode ser como a roda gigante, uma hora lá embaixo, outra em cima. Preserve acima de tudo, aquilo que ele NÃO pode comprar.

Deixe aqui também sua opinião. Bjs em TODOS Rs sem exceção!

raça #religião #política #dinheiro #preconceito #divisão

@ystimulosparaavida





Morto vivo existe?

27 02 2013

Refletindo no dia em que se comemora o nascimento a vida “Aniversário” pensei no máscara Itema Morto vivo e já respondendo a pergunta do título, sim, para mim… eles existem!

Sei que pode soar estranho, mas para explicar melhor deixarei alguns pontos que podemos chamar de Fatores Suicidas, estar morto vai muito além de parar de respirar ou ser enterrado em um cemitério. Existem pessoas que como zumbis estão cheirando mal”, pois não exalam VIDA em sua forma de viver.

zumbieFatores Suicidas:

1° Viver sem propósito/Deixar de sonhar: Quantas pessoas estão assim já desistiram de tentar? Sonhar é o combustível da alma, quem já desistiu não se encanta, não se levanta depois de uma queda, não troca a direção na persistência e obstinação de conquistar e ser feliz e depois não fica satisfeito e tentar tudo de novo.

Deus nos colocou no mundo com um propósito, ou melhor com vários propósitos, mas devemos demonstrar valor e vontade de vivê-los e isso é o que da graça á vida.

“Bom é sonhar, realizar não é tão bom, mas ruim mesmo é não realizar nada” (Pedro Bial).

2°Incredulidade: Escolhi essa palavra como segundo fator suicida pois creio piamente que a falta de confiança em si mesmo, no próximo e em Deus é um outro caminho para putrificação do viver. Você pode achar que estou sendo dramática ou exagerada, mas te pergunto. Você gosta de conviver com uma pessoa que não acredita em nada do que você diz? não acredita que ela é capaz? e não acredita em Deus? A incredulidade é uma visão cinza, distorcida e fria da realidade.

“Para alcançar uma vitória é preciso antes de tudo acreditar nela” (ditado popular)

 triste3°Ser influenciado/Envolvido por pessimistas: Pessoas baixo-astral, sem brilho que carregam uma nuvem negra quando chegam servem para ser transformadas por otimistas/sonhadores e não para assassinarem aqueles que ainda vivem. O grande problema é que reclamações, murmurações e mal-humor podem se tornar um vício ou pior, podem tornar-se contagiosos, normalmente pessoas com esse perfil não possuem uma auto-crítica aguçada e precisam da ajuda dos “vivos” para se enxergarem.

“O pessimista vê a dificuldade em cada oportunidade

o otimista vê a oportunidade em cada dificuldade”

O que eu gostaria com esse texto e trazer vida para aquilo que talvez esteja amortecendo dentro de você, esse tipo de morte é sutil e  imperceptível.

ESCOLHA VIVER! ESCOLHA SONHAR! ESCOLHA ACREDITAR! 🙂otimpess1

Em Apocalipse 3:1 a bíblia diz: “Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, e estás morto“. 

Peço que faça uma reflexão e que viva INTENSAMENTE o melhor dessa vida abundante, dinâmica, com dias surpreendentemente exclusivos, cheia de emoções, tristezas, alegrias, angústias, alívios, lutas, derrotas, vitórias e conquistas.

Eu escolho VIVER e ser cheia de Vida!!! E você?

Deixe seu comentário e até a próxima!

(Mais dicas sobre viver? Leia o artigo Carpe Diem)